Participants

Contact & Activities

Participating city

Cascais
206.479 inhabitants

Local contact

RC Geral
Complexo Multiserviços da Câmara Municipal de Cascais
Estrada de Manique nº 1830 – Alcoitão
2645-550 Alcabideche
++351 800 203 186

Participation 2010

The participant is committed to:

Organising a week of activities, taking into account the focal theme.
Actions relative to the theme:
De 10 a 17 de Setembro - O Green Festival regressa pela terceira vez ao Centro de Congressos do Estoril. Organizado pela Câmara Municipal de Cascais, pela Gingko e pelo GCI, o Green Festival chega, este ano, com um vasto programa de actividades para o público profissional e geral.

Como nos anos anteriores, a iniciativa conta com grandes oradores nacionais e internacionais, que irão abordar várias temáticas desde a Biodiversidade, Espaço Público, Cidades Sustentáveis, Turismo Sustentável e Empreendedorismo e Inclusão Social, nas conferências, workshops e seminários.

Para o grande público, o Green Festival oferece um mercado biológico e um mercado de trocas (swap market) que decorrerão no espaço da Feira de Artesanato do Estoril durante os oito dias de festival. Para as famílias haverá ainda peddy-paper, aulas de yoga e dança do ventre, assim como experiências de bem-estar, como massagens.

Na edição de 2010 vão ser ainda exploradas novas áreas temáticas, nomeadamente Green Building, dedicada à eficiência energética, construção sustentável e energias renováveis, Green Consumer, ligada a produtos de grande consumo, Green People focada na solidariedade, saúde e bem-estar e, por último, Green Careers que se dedica a empregos “verdes”.

Esta edição alia-se, ainda, ao Ano Internacional da Biodiversidade e ao Ano Europeu Contra a Pobreza e a Exclusão Social.

Em 2009, o Green Festival contou com 74 expositores, 16.000 visitantes durante oito dias e um programa composto por duas conferências internacionais, 20 conferências, seminários e workshops nacionais e 23 actividades de fim-de-semana. Este ano espera-se aumentar o número de visitantes.

16 Setembro (Quinta-Feira)
09h00, Auditório
10ª Conferência Anual do BCSD Portugal (Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável)

O BCSD Portugal junta 130 empresas nacionais de todos os sectores de actividade que partilham entre si o compromisso para com os princípios do desenvolvimento sustentável através dos três pilares: crescimento económico, equilíbrio ambiental e progresso social. A missão principal do BCSD Portugal é promover a liderança empresarial como catalisadora da mudança rumo ao Desenvolvimento Sustentável, fomentando a implementação nas empresas dos conceitos de eco-eficiência, inovação e responsabilidade social.

A Conferência Anual é a mais importante iniciativa do BCSD, que concentra neste encontro os mais relevantes esforços de integração do tecido económico nacional para o debate, discussão e reflexão dos temas inerentes ao desenvolvimento sustentável que estão na actualidade da agenda mundial.
A décima edição da Conferência Anual do BCSD Portugal, a qual terá a duração de um dia, terá como tema “Visão de um Futuro Sustentável”. Para cada painel contaremos com a presença de especialistas internacionais e nacionais, e de um conjunto de líderes empresariais, membros de BCSD Portugal, com o objectivo de incentivar a discussão e de contribuir a um debate mais alargado nas empresas e na sociedade.





17 Setembro (Sexta - Feira)
09h00, Agenda 21
Fórum das Associações de Moradores

A Agenda 21 Local é um programa da Organização das Nações Unidas que tem como objectivo elaborar estratégias locais de desenvolvimento sustentável para e com os cidadãos.
A Agenda 21 Local promove assim a participação cívica e a cidadania activa, através do envolvimento, capacitação e fortalecimento da sociedade civil.
As Associações de Moradores têm como missão facilitar a participação dos moradores na melhoria da sua qualidade de vida, e como tal são actores fundamentais da sociedade civil.
Para que as Associações de Moradores possam cumprir a sua missão de forma construtiva e eficaz, é fundamental que exista uma relação de proximidade com a Autarquia. É também importante ouvir as associações, formar e capacitar os seus membros e criar espaços de debate e de partilha de experiências entre associações.
Assim, a Agenda Cascais 21 propõe a organização do Fórum das Associações de Moradores no âmbito do Green Festival 2010.

Objectivo geral:

Aproximar as Associações de Moradores e a Autarquia, avaliando as necessidades das primeiras de forma a ajustar e melhorar as ferramentas proporcionadas pela CMC.

Objectivos concretos:
• Apresentar o “Manual para Associações de Moradores”.
• Apresentar casos de boas práticas (locais e nacionais) na gestão de Associações de Moradores (AM).
• Proporcionar um espaço de debate e partilha de experiências e de preocupações para as AM do concelho de Cascais.
• Discutir o papel da Autarquia como “capacitador” e facilitador da acção construtiva e eficaz das AM. Por exemplo:
o Aferir das necessidades das AM em termos de formação e conhecimentos técnicos na gestão de entidades.
o Aferir do interesse da constituição de uma Rede Local de Associações de Moradores.
o Aferir do interesse na disponibilização de mais informação para AM no website da Agenda Cascais 21.


11h00-13h00, Sala E
BCSD e SDC
Conferência
Da filantropia ao negócio inclusivo
O tema do envolvimento na comunidade em tempos de crise é altamente delicado: uma melhor transparência e mais rigor podem contribuir para diminuir os riscos e aumentar a confiança dos públicos. Podem ajudar igualmente as empresas aumentar a eficiência do seu investimento, quer o seu nível de exigência relativamente aos seus parceiros – públicos ou privados.
Não tem sentido as organizações empresariais “peritas em gestão” deixarem de ser gestoras quando se fala de causas sociais. Podem fazer muito mais do que assinar cheques: podem trazer as suas competências, a sua criatividade e os seus recursos para a comunidade (para além do que fazem já “naturalmente” através do seu contributo fiscal, da criação de empregos, da inovação etc.). O desenvolvimento do negócio inclusivo, promovido pelo World Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável (WBCSD), o social business de Muhammad Yunus, a emergência da finança solidária são caminhos altamente inspiradores e coerentes com a missão e cultura do mundo empresarial.
No final de 2009, face à situação de crise económica, a SDC considerou pertinente contribuir para o debate sobre o papel social das empresas. O facto de 2010 ser o Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social orientou a pesquisa e a SDC analisou em profundidade a actuação das empresas portuguesas no que se refere ao investimento na comunidade, focando nas questões da inclusão.
Assim, a SDC em parceria com o BCSD Portugal e a organização do Green Festival pretendem promover um debate que contará com algumas entidades internacionais peritas em social business e negócios inclusivos e um conjunto de entidades nacionais, que partilharão boas práticas. Mais tarde, após as apresentações, a palavra deverá ser dada ao auditório, para uma sessão de perguntas e respostas.


17h00, Sala Fundação EDP
– CONFERÊNCIA: Happiness, Freedom and Choice

CONFERÊNCIA: Happiness, Freedom and Choice!
ORADORES: Manuel Forjaz

“What is true of the individual will be tomorrow true of the whole nation if individuals will but refuse to lose heart and hope.“

Mohandas Gandhi

SITE: pt.linkedin.com/in/manuelforjaz
Carrying out a Car-Free Day event by closing one or more streets to traffic, and opening it to pedestrians, cyclists and public transport. This should preferably happen on 22 September to mark your town or city as part of World Car-Free Day.
Zone opened to residents on Car-Free Day:
18 e 19 Setembro (Sábado e Domingo)
Dia Sem Carros - “Na cidade, sem o meu carro”
• Irá ser delimitada, das 9h30 às 21h30, uma Zona Sem Tráfego Automóvel (ZSTA), que abrange a Av. D. Carlos I (rotunda do Centro Cultural de Cascais) e Av. dos Combatentes até à intercepção com a Av. Valbom (mini-rotunda – Jardim Visconde da Luz), numa extensão de aproximadamente 670 m.
Com o intuito de proporcionar aos residentes e trabalhadores da ZSTA meios de transporte alternativos e de promover os transportes públicos, neste dia a carreira urbana busCas terá uma maior frequência. De modo a incentivar a utilização da bicicleta, o número de biCas disponíveis no perímetro delimitado será também reforçado.
Implementing one or more new permanent measure(s), which contribute(s) to modal transfer from private car to environmentally sound means of transport.
Permanent measures implemented this year:
New or improved bicycle facilities
  • Improvement of bicycle network (creation of new lanes, extension, renovation, signposting etc)