Participants

Contact & Activities

Participating city

Maia
135.306 inhabitants

Local contact

DIVISÃO DE ENERGIA E MOBILIDADE
ADELINA RODRIGUES
Praça do Doutor José Vieira de Carvalho
++351 938707077

Participation 2017

The participant is committed to:

Organising a week of activities, taking into account the focal theme.
Actions relative to the theme:
Durante a Semana Europeia da Mobilidade de 2017, pretende-se desenvolver as seguintes atividades:
• Lançamento de newsletter sobre a mobilidade sustentável em que se divulgará as soluções de mobilidade partilha;
• Colocação no Portal do Ambiente (ambiente.maiadigital.pt) de uma questão sobre a partilha de veículos
• Divulgação de Filme Promocional sobre a mobilidade sustentável na Maia
• Lançamento do Concurso para Conceção do Lema e da Mobilidade Sustentável na Maia
• Lançamento do Concurso da “Bicicleta Mais Original”
• Ação de sensibilização Grandes Pólos Empregadores do Município
• Maia a Pedalar – Tour ecocentros
• Realização de uma mostra de sistemas de partilha e de veículos movidos a energias alternativas
• Bike To Work Day!
• Percurso Multimodal
• Exposição “Maia Prevenção Rodoviária Começa Por Nós”
• Ação de sensibilização sobre a adoção de uma mobilidade mais sustentável e os benefícios para a saúde
• Ação de sensibilização sobre o andar a pé e os benefícios para a saúde e ambiente
• Divulgação dos resultados alcançados com a Ciclopatrulha do Serviço de Polícia Municipal
Carrying out a Car-Free Day event by closing one or more streets to traffic, and opening it to pedestrians, cyclists and public transport. This should preferably happen on 22 September to mark your town or city as part of World Car-Free Day.
Zone opened to residents on Car-Free Day:
Encerramento ao tráfego automóvel da Praça 5 de Outubro, na freguesia do Castêlo da Maia, no dia 22 de setembro, entre as 9:00 e as 17:00 horas.
Implementing one or more new permanent measure(s), which contribute(s) to modal transfer from private car to environmentally sound means of transport.
Permanent measures implemented this year:
New or improved bicycle facilities
  • Improvement of bicycle network (creation of new lanes, extension, renovation, signposting etc)
  • Improvement of bicycle facilities (parking, locks etc)
Pedestrianisation
  • Create or enlarge pedestrian streets
  • Improvement of infrastructure (new foot bridges, pavements, road crossings, zebra crossings etc)
  • Extension or creation of new greenways
Public transport services
  • Improvement and extension of the public transport network (creation of HOV lanes for public transport modes, new stops, new lines, reserved areas etc)
  • Improvement and extension of the public transport services (express services, increase frequency etc)
  • Development of new technologies to improve public transport
  • The development of accessible transport services for all
Traffic calming and access control scheme
  • Speed reduction programmes in zones near schools
Accessibilities
  • Create the tactile pavements
  • Create wheelchair ramps
  • Lowering of pavements
  • Enlargement of pavements
  • Removal of architectonic barriers
Mobility management
  • Adoption of workplace travel plans
  • Launch of awareness-raising campaigns
  • Elaboration of educational materials
  • Development of travel plans / mobility plans in consultation with local stakeholders
  • Permanent access restriction to city centres
  • Launch of seamless transport modes to facilitate access to business areas or other social areas
  • Organisation of regular fora or surveys on public opinions and ideas
More details on permanent measures:

Bicicleta
Em 2017 o município implementou as seguintes medidas permanentes no domínio da promoção da utilização da bicicleta: criação de uma rede estruturada de infraestruturas de parqueamento de bicicletas e criação de incentivo aos funcionários que se desloquem de bicicleta para o trabalho, com o reforço de um pequeno-almoço saudável.
Em complemento, tem em curso os projetos de execução para a implementação de uma rede ciclável no centro da Cidade da Maia e ligação ao núcleo urbano do Castêlo da Maia e de uma rede ciclável no núcleo urbano de Águas Santas.
Pedonalização
Em 2017 a Câmara Municipal da Maia elaborou o projeto de requalificação da Praça 5 de Outubro, na freguesia do Castêlo da Maia, que prevê a pedonalização do referido arruamento.
Concluiu também o projeto de execução para o prolongamento do ecocaminho, desde as Avenidas Paralelas até à Estação de Mandim, bem como implementou já um novo modelo de sinalética do Ecocaminho existente.
Tem também em curso a elaboração dos projetos designados por Melhoria das condições de coexistência dos modos suaves, podendo exigir a eliminação de pontos de acumulação de acidentes entre peões e ciclistas, nos núcleos urbanos da Cidade da Maia, Castêlo da Maia, Águas Santas e Pedrouços.
O projeto consiste na adoção de medidas de melhoria das condições de coexistência entre os modos suaves, melhorando as condições atualmente existentes, através de alargamento das áreas dedicadas ao peão e ciclista em detrimento do espaço dedicado ao transporte automobilizado, associado à eliminação de pontos de acumulação de acidentes com ciclistas e peões, sempre que tal se manifestar necessário, contribuindo para uma maior segurança e conforto na coexistência de fluxos.
Transportes públicos
Ao nível dos transportes públicos coletivos o município da maia viu a rede ser melhorada quer ao nível do aumento da oferta, da melhoria da frota quer da integração tarifária, com:
• Criação de nova linha de transporte público coletivo de passageiros de ligação do Centro da Cidade da Maia ao Centro Empresarial da Lionesa, pelo operador A. Nogueira da Costa e a alteração trajeto linha 14 da Maia Transportes, servindo diretamente a Junta de Freguesia de Moreira e a Unidade de saúde Familiar de Pedras Rubras;
• Alargamento ao sistema tarifário do Andante até à Trofa, que permitiu a integração as estações da Trofa, Portela, S. Romão do Coronado, S. Frutuoso, Leandro e Travagem, da CP – Comboios de Portugal, à adesão das linhas 105N, 107N e 121 da Resende, bem como da nova linha da A. Nogueira da Costa;
• Aquisição de viaturas de piso rebaixado pelo operador Maia Transportes.
Medidas de acalmia e ordenamento e controlo do tráfego
Como medidas de acalmia de tráfego foi criada uma Zona 30 num entroncamento na freguesia de São Pedro de Fins, de acesso a um estabelecimento escolar do 1.º Ciclo de Ensino Básico.
Ao nível do controlo de tráfego, em 2017, procedeu à criação de estacionamento tarifado nos arruamentos convergentes ao Aeroporto Internacional Dr. Francisco Sá Carneiro, nos quais o estacionamento já se encontra ordenado ao longo dos arruamentos, verificando-se elevados índices de procura noturna e índices de procura ilegal significativos, que se pretende colmatar por via da tarifação, bem como está prevista a implementação de um novo modelo de pagamento do estacionamento tarifado.
Acessibilidades
Em 2017, no âmbito de uma empreitada designada por Operação Pavimentos, em cubo e betuminoso, que incluiu intervenção num conjunto alargado de arruamentos no concelho, foram já realizadas intervenções com vista a melhorar a acessibilidade universal, como sejam rebaixamentos de passeios junto às passadeiras, colocação de pavimento táctil na sinalização dos atravessamentos de passadeiras, alargamento de passeiros para as dimensões mínimas regulamentares e execução de passeios onde não existiam, criando continuidades onde não existiam.
Gestão da Mobilidade
Como medidas permanentes enquadradas na temática de gestão da mobilidade, foram implementadas ou estão em curso as seguintes ações:
• Elaboração Plano de Mobilidade de Empresas e Polos Geradores e Atractores de Deslocações para os funcionários da Câmara Municipal da Maia, a concluir em 2017;
• Lançamento de uma campanha de realização de ações de sensibilização para a problemática da mobilidade sustentável e acessibilidade para todos, a realizar em 2017 e 2018, que inclui e a elaboração de materiais pedagógicos diversos, como sejam filme promocional, flyers, entre outros;
• Articulação com os principais pólos geradores e atractores de deslocações do município a elaboração dos respetivos planos de mobilidade, quer para os funcionários, quer para a componente de logística urbana;
• Lançamento do projeto de pedonalização da Praça 5 de Outubro, na freguesia do Castêlo da Maia;
• Criação pela operadora A. Nogueira da Costa de uma nova linha de ligação da Maia ao Centro Empresarial da Lionesa, no concelho de Matosinhos, estabelecendo uma ligação rápida do referido polo empresarial ao centro da Cidade da Maia e garantindo intermodalidade com a Linha C do Metro do Porto;
• Estudo da possibilidade de ser criada mais uma nova linha de transporte público rodoviário de passageiros, desta feita, de ligação do Centro da Cidade da Maia à designada Área de Acolhimento Empresarial da Maia I e à Área de Acolhimento Empresarial a Poente da Cidade da Maia;
• Disponibilização de um inquérito de opinião no Portal do Ambiente e do Cidadão, na área da Mobilidade.